Link para página

Monumento Portas Rodao

Entende-se por "Monumento Natural" uma ocorrência natural contendo um ou mais aspetos que, pela sua singularidade, raridade ou representatividade em termos ecológicos, estéticos, científicos e culturais, exigem a sua conservação e a manutenção da sua integridade.

A classificação de um Monumento Natural visa a proteção dos valores naturais, nomeadamente ocorrências notáveis do património geológico, na integridade das suas características e nas zonas imediatamente circundantes, e a adoção de medidas compatíveis com os objetivos da sua classificação. (Fonte: Instituto da Conservação da Natureza e Florestas)


O Monumento Natural das Portas de Ródão é um dos sete monumentos naturais classificados pelo Instituto da Conservação da Natureza e Florestas.

Referência incontornável e deslumbrante na paisagem de Vila Velha de Ródão, as Portas de Ródão são uma ocorrência geológica natural, localizada nas duas margens do Tejo, nos concelhos de Vila Velha de Ródão e Nisa. Trata-se de uma imponente garganta escavada pelo rio Tejo na crista quartzítica da serra do Perdigão, que criou um estrangulamento no curso da água com 45 metros de largura.

O local serve de habitat para a maior colónia de grifos do país e é um lugar privilegiado para a investigação de fauna e avifauna. Aí podem ser observadas 116 espécies de aves, muitas delas consideradas em vias de extinção e algumas raras, das quais se destacam a cegonha-preta, milhafre real, abutre-preto ou a águia perdigueira.

As suas margens atraíram desde cedo as populações humanas e nelas podemos encontrar vestígios das mais antigas comunidades de que há memória na Península Ibérica. Ao longo dos séculos, as Portas de Ródão testemunharam também importantes movimentos militares, não fosse este um ponto estratégico para a definição de fronteiras e defesa do território.

Consideradas pelo professor Galopim de Carvalho como um dos mais importantes geomonumentos existentes em Portugal, as Portas de Ródão foram classificadas como Monumento Natural em 2009, constituindo um lugar único devido aos seus valores geológicos, paisagísticos, arqueológicos, históricos e biológicos.

Mais do que uma mera referência geográfica, as Portas de Ródão são um símbolo de uma região e uma comunidade que estabelece com este monumento uma profunda identidade.

 

Documentação:

Decreto Regulamentar n.º 7/2009 de 20 de Maio - (pdf) 692 Kb
Monumento Natural das Portas de Ródão [Revista Açafa On Line, n.º 2 (2009), Associação de Estudos do Alto Tejo] - (pdf) 1405 Kb
Geodiversidade no Monumento Natural das Portas de Ródão [Revista Electrónica de Ciências da Terra - Geosciences On-line Journal, Volume 18 - n.º 14, 2010] - (pdf) 267 Kb
Brochura - Monumento Natural das Portas de Ródão - (pdf) 2670 Kb
Brochura - Monumento Natural das Portas de Ródão (Geopark Naturtejo) - (pdf) 895 Kb
Brochura - Monumento Natural das Portas de Ródão (Portugal Acessível) - (pdf) 396 Kb

.

Site Natural.PT > Monumento Natural das Portas de Ródão